Skol – Carnaval

foto-perfil3A F/Nazca vem, ao longo desses anos, produzindo ótimas campanhas para a Skol com textos criativos tão quão as idéias. Tendo Fábio Fernandes como Diretor de Criação, a publicidade da marca cervejeira vem repercutindo muito perante o público. A recente vem trazendo o Carnaval como tema e buscou uma verdade: “- Carnaval é coisa de gente muito boba, que nem eu e você”. Por mais que alguns sejam contra o Carnaval (pelo aspecto mais comercial de “Axé” ou de “Pagode” ou até mesmo (pela bruta tola) “Eu quero é putaria!”), todo mundo ainda sente um gostinho de brincar um pouco pra lembrar dos tempos de criança.

Enfim, postei esse vídeo porque gostei demais e tem tudo haver com o tema. Mais uma campanha bem sucedida da F/Nazca.

Skol em nova embalagem… Redondinha.

Com criação de Fabio Fernandes, Andre Faria e Keka Morelle, e com direção de criação de Fabio Fernandes e Eduardo Lima já está no ar exclusivamente para o mercado da capital paulista, o filme “Buraco”, com 15 segundos de duração, que divulga o novo formato da lata Skol.

Com 269 ml, a embalagem da Skol Redondinha é menor e, por isso, gela mais rápido.

Para mostrar como a cerveja fica geladinha de uma maneira muito divertida, em curto espaço de tempo, o filme mostra um jogo de buraco entre amigas, onde a cerveja gela numa só rodada do jogo.

Fonte:http://www.cabecadecuia.com/drops/2008-12-09/nova-lata-de-skol-redondinha-gela-mais-rapido-35310.html

Eu particularmente nunca gostei dessa história de beber menos pra ser mais gelada não… Por mim eu faria era uma garrafa de 1 litro… Mas eu gostei dessa porque encaixou perfeitamente no conceito da cerveja.
Achei uma sacada muito legal!

C(areta)NAR

Mais uma vez o Conar surpreende, e mais uma vez com propaganda de cerveja. Com argumentos da Schincariol, de que a propaganda é enganosa e usa linguagem que afeta crianças edolescentes, o CONAR recomendou a sustação do VT Saturno da SKOL criado pela F/Nazca S&S.

Dessa vez tá difícil de engolir, como pode o CONAR aceitar o pedido de uma empresa concorrente, e com esses argumentos. Usar do nonsense e lúdico é propaganda enganosa? Usar a palavra chupeta pra recarregar a bateria é sacanagem? E ainda uma empresa prejudicar o seu concorrente descaradamente. Pô cara, se tá dificil de fazer coisa criativa, muda de agência, ou então renova o diabo do departamento de marketing, embarca todo mundo pra saturno.

Motorista da Rodada

A propaganda além de ser criativa e persuassiva, tem que ser flexível, seguir as mudanças da sociedade. Uma boa prova é o recém anúncio lançado da Skol, o “motorista da rodada”. Uma criação pós Lei Seca, em que a pessoa que abdica de beber cerveja e se responsabiliza pela condução dos amigos se torna um herói, mas herói por pouco tempo, porque outro da turma será o próximo motorista. Nesses tempos de inquisição da propaganda esse anúncio é muito bem vindo, pois conscientiza o público à um consumo responsável sem ter que prejudicar a venda do produto anunciado e diminui mais os argumentos dos contra propaganda de cerveja.

E não é de agora que a Skol trabalha com a comunicação do consumo responsável, antes já tiveram vários comerciais com o mesma tema, um muito bom é o “Aliança” de 2003.