O Fenômeno Melissa

Lançada em 79 , a Melissa foi a sandália escolar das meninnhas na década de 80. Quem viveu nessa época lembra bem que era mania nacional. O comercial criado pelo Olivetto conquistou o Brasil com a garotinha que fresca (tira onda, brinca, faz brincadeira) com a professorinha:

Exatos 30 anos após a criação, a Melissa continua firme e forte no mercado nacional e expande para o internacional. A Grendene, percebeu que as suas menininhas cresceram, que as melissas estavam ficando obsoletas, com cara da infância… Continue lendo

Anúncios

Não tem essa de sexo frágil na publicidade cearense

ze-potoPrimeiramente o perfil dessa incrível profissional:

ELIZIANE COLARES: Sócia e Diretora de Criação e Planejamento da Advance/CE

Graduada em Economia pela Universidade Federal do Ceará, pós-graduada em Teorias da Comunicação e da Imagem pela mesma universidade e pós-graduada em Comunicação Social – Propaganda e Publicidade, pela UNIFOR.

Trabalhou durante 12 anos no Banco do Nordeste, onde atuou nas áreas de marketing e assessoria de comunicação.

Foi presidente do SINDAPRO-CE e vice-presidente para a Região Nordeste da FENAPRO – Federação Brasileira das Agências de Propaganda. Presidiu o capítulo Ceará da Abap – Associação Brasileira das Agências de Publicidade e foi membro do Conselho de Ética do CENP.

eliziane

————————————————————————————————————————————–

Hoje, a bela publicitária Eliziane Colares nos esplanou a respeito de sua visão de mercado em tempos de crise (e fora deles também). Fiquei impressionado com a  maneira e a desenvoltura que ela tratou o tema. Diferentemente das visões apocalípticas que se apresentam nos meios de massa, Eliziane nos mostrou que  não é a crise que prejudica o mercado , e sim o medo dela. Ela falou que mercado publicitário cearense não atende nenhuma multinacional, por isso, estamos bem mais protegidos do que as agências do eixo Rio-SP.

Outro fator que gostei bastante, foi que Eliziane não usou seu tempo de palestra para promover o portfólio de sua agência, diferente de muitos publicitários, ela falou sobre o tema e falou e muito bem por sinal! Devido a várias perguntas sobre pequenos, médios e grandes anunciantes,  citou a importância das agências de médio e pequeno porte procurarem clientes de porte semelhante a da agência, como forma de parceria. Crescer em conjunto com o cliente. Segundo ela a “Advance já foi pequena um dia” e apostava na força de seus clientes. Não é apenas com grandes contas, com grandes verbas, que se faz boa propaganda.

Continue lendo

Entrevista do mês. Aqui você fala a vontade. Não seja curto nem grosso.

 

 

 

André Moreira Nogueira é um dos publicitários mais bem sucedidos de Fortaleza, com 31 anos de idade o jornalista de formação e publicitário de paixão acumulou ao longo dos seus 10 anos de carreira, 31 prêmios locais, nacionais e internacionais. 

Com passagens nas principais agências do estado, o redator, surfista, alvinegro e diretor do clube de criação do Ceará  teve a experiência de ter a própria agência, a Time de Comunicação. Atualmente trabalha na Advance Comunicação, uma das maiores agências do país.

Vamos conhecer um pouco a carreira deste premiado redator. O primeiro entrevistado do Potó. 


Quando despertou seu interesse em propaganda?

 

Sempre gostei de inventar, organizar, liderar, me comunicar. Não tinha idéia da profissão de publicitário por não ter nenhum referencial de um parente próximo, meus pais são médicos, mas notava que não me encaixava ou não me encantava por outras atividades. Um ano antes do vestibular ouvi de um amigo, “você devia ganhar dinheiro bolando propaganda”… Continue lendo

Publicitário igual à dedicação.


O publicitário de carteirinha dedica 24 horas do seu dia para sua profissão, mesmo sem querer, seu subconsciente está sempre voltado para alguma idéia. O maior combustível para quem vive de propaganda não é ganhar dinheiro, prêmios, concorrências e sim mandar peças criativas para rua e satisfazer quem comprou a idéia: o cliente.

A formação do bom profissional vai muito além de suas horas de trabalho. Suas referências e insights criativos estão em toda parte, no cotidiano, leitura, filmes, teatro, mesa de bar. Para pensar diferente e criar o inusitado, temos que quebrar paradigmas e acabar com a mesmice vivida nos últimos anos da publicidade brasileira e mundial.

A melhor regra de propaganda é saber que não tem regra. Existem algumas teorias, mas é com prática, inspiração e transpiração que surgem as melhores idéias. Portanto, mãos a obra em 2009. Muitas referências. Vamos beber de diversas fontes para criar cada vez mais e melhor.

Texto do nosso querido amigo Manel =D