Publicitários defendem a regularização do uso de Outdoors

O sindrapro e  o sindicato de mídia externa aguardam a nova lea utilização e ocupação do solo

A polêmica em torno da poluição visual  continua. Para o presidente da Sinapro, Orlando Mota, o uso indiscriminado de anúncios em luminosos, outdoors, fachadas de prédios e cartazes não precisa ser totalmente eliminado da paisagem da cidade. “Este mercado precisa ser regulamentado”, avalia.

Segundo Mota, a mídia externa é uma importante ferramenta  para o setor de publicidade e propaganda. “Sabemos que há exageros, mas limpar a cidade para acabar com a poluição visual, como aconteceu em São Paulo, é uma saída muito radical”, argumenta o publicitário. “Não somos a favor de tirar tudo, e sim de disciplinar o segmento”, reforça.

Mota diz que a melhor forma de solucionar o problema de poluição visual da cidade é através de um amplo debate, envolvendo os órgãos envolvidos e a sociedade em geral. “As agências de publicidade e propaganda, por exemplo, não podem eliminar esta ferramenta de divulgação, bem como não abrem mão da qualidade, da ética e da disciplina.

O presidente do Sindicato das Empresas de Publicidade Externas do Ceará, Moacir Albuquerque Sá, também acha que é necessário regulamentar o setor para que as empresas possam trabalhar dentro da lei. “Hoje, Fortaleza vive uma situação peculiar, pois há duas leis em vigor. A Lei municipal Nº 8.221 foi alterada pela Lei municipal Nº 8.441. Uma permitia, a outra é restritiva”, critica o líder classista que aguarda a decisão da Justiça para definir qual lei está em vigor.

Para ele, o outdoor não é o grande vilão da poluição visual da cidade e, sim os fios que atravessam as ruas de um lado para outro e as placas indicativas, que estão espalhadas de forma desordenada. Moacir Sá espera que a nova lei de uso e ocupação do solo seja um novo divisor de águas para o setor de mídia exterior e acabe com essa polêmica. “O interesse das empresas é estar regularizada, com os pagamentos em dias”.

Ele afirmou, ainda, que há dois anos e meio as empresas pagaram as taxas municipais para receber o licenciamento, mas até agora nenhuma recebeu. Este é o motivo de todas estarem irregulares.

O presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-Ceará), Antônio Custódio dos Santos Neto, esclarece que existe uma lei, mas que esta não é cumprida pelas empresas de outdoor. “A maioria dos outdoors está irregular e eles não foram colocados em locais apropriados, como estipula o Código de Postura do Município de Fortaleza”, argumenta o arquiteto.

Ele aponta ainda outros tipos de poluição visual que não estão definidos pela lei. É o caso dos anúncios publicitários nas laterais de prédios, mas essas novas situações precisam constar do novo Plano Diretor do Município de Fortaleza.

Fonte:
Diário do Nordeste

4 respostas para ‘Publicitários defendem a regularização do uso de Outdoors

  1. Na minha opinião, a solução seria estabelecer um espaçamentro mínimos entre dois outdoors… tipo… 20 metros, mais ou menos.
    Deixaria a cidade muito mais limpa e não acabariam com esta mídia tão importante.

    E além disso, se encaixaria em uma das principais leis visuais da propaganda: “Menos é mais.”. Os outdoors restantes chamariam muito mais atenção pelo fato de estarem isolados.

    Tá certo que isso vai acarretar alguns prblemas, como a extinção de anúncios sequenciais, mas isso a gente supera.

  2. Acabar com o outdoor acho uma decisão muito radical. Sou a favor de uma regulamentação um controle sobre esta mídia. Acredito que outdoor constitui um dos elementos da paisagem urbana!

  3. Como estudante de arquitetura e urbanismo, eu ODEIO outdoors (na quantidade em que estão inseridos).
    E como ser humano, odeio panfletagem.

    Less is More é uma frase de um arquiteto, Mies Van Der Hoe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s